balança comercial 2023

março 21, 2024

Exportação de Mel

Saiba mais sobre a produção no país e sua influência no exterior, atrelados à exportação de mel

O Brasil se destaca na produção de mel e seus derivados como própolis, pólen, geleia real e a cera de abelha. Além disso, com a regulamentação do Ministério da Agricultura, a exportação de mel e seus derivados tem crescido positivamente.

A produção de mel no país é de alta qualidade e se dá por apicultores de diferentes portes em busca de atender o mercado interno e externo, que, segundo o IBGE, são mais de 350 mil produtores. A maior parte deles está na região do Rio Grande do Sul, considerado o maior estado produtor, seguido do Paraná e do Piauí. 

A maior parte do produto é exportado, principalmente, para países como Estados Unidos, Alemanha, Canadá e Reino Unido. Para se ter uma ideia, os Estados Unidos, principal destino do mel brasileiro, são responsáveis por receber 87% do volume exportado. 

Os principais portos brasileiros exportadores são: Porto de Santos, Alfândega de Fortaleza, Porto do Rio de Janeiro, Porto de São Francisco do Sul, Porto de Paranaguá, Porto de Rio Grande e Porto de Itajaí.

Para a realização de negócios no comércio exterior, é necessário estar atento a todos os documentos exigidos, para que não haja nenhum problema com atrasos no processo.

Confira a seguir a lista com os principais documentos necessários para exportação:

  • Fatura Pro Forma ou Proforma Invoice: responsável por apresentar todos os detalhes que foram acordados na compra;
  • Fatura Comercial ou Commercial Invoice: é o contrato de compra e venda entre importador e exportador;
  • Romaneio de Carga: documento para o embarque, onde está descrito toda mercadoria e os componentes que irão embarcar, facilitando a conferência e a fiscalização no embarque e desembarque;
  • Nota fiscal de exportação (NF-E): é um documento obrigatório, que deve conter todas as informações corretas sobre a mercadoria, essencial para que possa ser feito o despacho da mesma; 
  • DU-E (Declaração Única de Exportação): documento necessário para o despacho da mercadoria, pois apresenta informações de natureza aduaneira, administrativa, comercial, financeira, tributária, fiscal e logística;
  • Conhecimento de Embarque: emitido pela transportadora responsável pelo embarque da mercadoria é um documento muito importante, pois oficializa a contratação do transporte internacional;
  • Apólice de Seguro de Transporte: é um seguro que protege o transportador de alguns riscos de trajeto, como acidentes , roubos e avarias na carga;
  • Certificado de Origem: é um documento que certifica a origem do produto, verificando se todos os critérios pré-estabelecidos foram respeitados;
  • Carta de Crédito: regulamentada internacionalmente, é uma modalidade de pagamento que garante a transação das operações.

A lista de documentação é muito extensa. Portanto, é muito importante se informar sobre as exigências necessárias, para que não haja prejuízo ou atraso no embarque da mercadoria.

O mel brasileiro possui um grande potencial de crescimento no exterior, pois ele é bem aceito no mercado internacional. Se você trabalha com esse tipo de produto e deseja expandir os negócios, é necessário contar com um bom planejamento e excelentes estratégias. 

A Safe Logistics possui anos de experiência em soluções marítimas e rodoviárias, fazendo com que seja possível apresentar soluções diferenciadas que atendam o seu modelo de negócio, com otimização de tempo e custo. 

Entre em contato conosco e leve sua empresa para diferentes cantos do mundo com a exportação de mel!